Servidor federal precisa fazer cadastro para usar a nova versão do TáxiGov



Para fazer uso do transporte administrativo em suas tarefas funcionais, os servidores e colaboradores dos ministérios localizados no Distrito Federal precisam fazer cadastramento junto ao novo prestador, a Uber do Brasil. A empresa passou a fornecer o serviço TáxiGov neste mês de abril.

O cadastro é realizado a partir de link enviado pela empresa para o endereço eletrônico institucional do servidor/colaborador. Após clicar na chamada “Comece agora”, basta seguir o passo a passo e criar o perfil corporativo junto à Uber.

A solicitação do serviço pode ser feita via aplicativo de celular – o mesmo app usado para contratar uma corrida de forma particular – ou pelo site.

Ao usar o novo serviço é preciso ter atenção às proibições quando as corridas forem realizadas utilizando o perfil corporativo. Nesses casos, não é permitido dar valor extra (gorjeta) ao motorista, escolher categoria de carro diferente da UberX, nem realizar viagens que comecem ou terminem fora do Distrito Federal e entorno.

Dúvidas sobre a utilização desta nova etapa, denominada TáxiGov 2.1, devem ser esclarecidas no setor responsável pela gestão do serviço em cada órgão público (gestor setorial). A mudança não se aplica às entidades da administração indireta.
Fonte: Portal do servidor, em 25/04/2019
Compartilhe

Todas as notícias e artigos publicados são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo a opinião do Portal do Servidor Federal.


Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.
Notícia anterior
Próxima notícia