Projeto da Defensoria Pública da União prevê reajuste de 16,99% em quatro parcelas



A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 10773/18, da Defensoria Pública da União, que reajusta em 16,99% os subsídios dos servidores daquele órgão, dividido em quatro parcelas de 4% com efeitos financeiros em dezembro de 2019, julho de 2020 e em janeiro e julho de 2021.

Como acontece com o Ministério Público Federal, cabe à Defensoria a iniciativa de pedir reajuste salarial.

Ao final das parcelas, o defensor público federal receberá R$ 35.549,59 na categoria especial. Em 2016, o Congresso aprovou reajuste parcelado para a carreira – a última parcela será quitada em janeiro próximo, quando o defensor público federal receberá R$ 30.546,15 na categoria especial.


Impacto no Orçamento

O impacto orçamentário total é estimado em R$ 61,5 milhões. A Defensoria argumenta que não haverá aumento de gastos, pois houve redução no custeio e otimização dos recursos públicos, “com mudança para edifícios menos onerosos e renegociação de contratos.”

De acordo com a proposta, o subsídio da categoria, composta por 630 servidores ativos e 37 inativos, é atualmente inferior aos valores pagos ao Ministério Público e aos juízes federais, que além do salário recebem auxílio-moradia, e aos integrantes da Advocacia-Geral da União, que contam com honorários advocatícios.

Em razão disso, continua a Defensoria, há mais de 660 cargos vagos e 60% das seções e subseções judiciárias do País não há sequer um defensor público, “ficando a população local totalmente desassistida para fazer valer seus direitos diante da administração pública federal, e tampouco as pessoas carentes podem acessar o Judiciário”.

Tramitação
A proposta será analisada, em caráter conclusivo, pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Fonte: Agência Câmara, em 06/09/2018
Compartilhe

Todas as notícias e artigos publicados são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo a opinião do Portal do Servidor Federal.


Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.
Notícia anterior
Próxima notícia