Governo já recebeu 48 pedidos de quarentena



Secretários e diretores de cargos de confiança do governo federal já começaram a registrar seus pedidos de quarentena. A Comissão de Ética Pública da Presidência já aprovou 48 solicitações desse tipo nos últimos quatro meses.

Segundo informações da Coluna do Estadão, a justificativa para esse número acima da média é o início das negociações para recolocações no mercado privado. Só nas sessões de julho e agosto, a Comissão de Ética analisou 31 pedidos de quarentena, sendo que oito dos profissionais terão que cumprir o período. Um deles é o secretário de Planejamento da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Antônio Augusto Muniz de Carvalho.

De acordo com a publicação, servidores que tiverem contato com informações confidenciais de repercussão econômica têm direito a receber a remuneração compensatória. Por outro lado, durante a quarentena, eles não poderão exercer atividades em áreas semelhantes às que exerciam no governo.
Fonte: Estadão, em 03/09/2018
Compartilhe

Todas as notícias e artigos publicados são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo a opinião do Portal do Servidor Federal.


Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.
Notícia anterior
Próxima notícia