Sete em cada dez brasileiros são contra privatizações de estatais



Tema das eleições, as privatizações não são bem-vistas pelos brasileiros. Uma pesquisa da Ipsos, em parceria com o professor Sérgio Lazzarini, do Insper, aponta que sete em cada dez pessoas (68%) são contra a venda de estatais. A rejeição é menor entre as classes AB e entre os que têm ensino superior.

De acordo com o estudo, apenas 17% são a favor. Enquanto nas classes AB, 27% das pessoas são favoráveis às privatizações, a aprovação da medida cai para 9% entre os representantes das classes DE. Entre os que concluíram ensino superior, 28% são a favor da venda de estatais. Já entre os que não frequentaram escola, esse número cai para 7%.

A maior das pessoas são contra a venda da Petrobras (70%), Caixa Econômica Federal (71%) e Banco do Brasil (70%). “O brasileiro é mais estatista e essa é uma agenda que terá relevância ao longo dessas eleições, dado que o Estado brasileiro está com um elevado déficit, é certo que as privatizações serão uma alternativa aventada com o objetivo de minimizar ou equacionar esse desajuste”, afirmou Danilo Cersosimo, diretor da Ipsos Public Affairs.

Atualmente, o país tem 156 estatais. Muitas delas são deficitárias, gerando prejuízos aos cofres públicos. Várias precisam de aportes do Tesouro Nacional para continuar com as operações. As propostas de candidatos enfatizam que as privatizações são uma via para amenizar os problemas fiscais do Brasil.

A pesquisa entrevistou 1,2 mil pessoas em 72 municípios do país. A margem de erro é de três pontos percentuais.
Fonte: Correio Braziliense, em 24/08/2018
Compartilhe

Todas as notícias e artigos publicados são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo a opinião do Portal do Servidor Federal.


Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.
Notícia anterior
Próxima notícia