Eleito para presidir o STF, Toffoli quer acabar com feriados exclusivos do Judiciário



O ministro Dias Toffoli, eleito para presidir o Supremo Tribunal Federal (STF), vai propor ao Congresso a extinção dos feriados que só existem para o Judiciário. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a publicação, três datas devem ser repensadas: a de 11 de agosto, em comemoração ao Dia da Criação dos Cursos Jurídicos no Brasil, a de 1º de novembro, Dia de Todos os Santos, e a Quarta-Feira Santa – para juízes federais, a Páscoa começa neste dia da semana e vai até domingo.

Prestes a assumir a presidência do STF, no dia 13 de setembro — permanecendo no cargo até 2020 —, o ministro está dialogando com entidades de classe para um acordo em torno da medida. O fim das férias duplas para magistrados também está em estudo.
Fonte: Zero hora, em 14/08/2018
Compartilhe

Todas as notícias e artigos publicados são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo a opinião do Portal do Servidor Federal.


Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.
Notícia anterior
Próxima notícia