Senador pede inclusão de mais funcionários na MP que regula transposição de servidores



O senador Telmário Mota (PTB-RR) manifestou-se pela inclusão de terceirizados e estagiários entre os ex-funcionários dos então territórios de Roraima, Rondônia e Amapá a serem alcançados pela Medida Provisória (MP) 817/2018. O texto foi editado pelo país para regulamentar o enquadramento nos quadros da União dos ex-servidores dos territórios federais. Os trabalhadores esperam este enquadramento há mais de 30 anos, disse Telmário.

O senador lamentou que essa pauta seja usada como "moeda de troca" por políticos há várias eleições. Segundo ele, o então território Roraima tinha como ponto forte o setor primário. Hoje, na condição de Eestado, depende da chamada “economia do contracheque”. Telmário lamentou ainda que muitos servidores do Judiciário, Ministério Público, do Tribunal de Contas, e do Poder Legislativo não estejam contemplados com o enquadramento.

— Sou a favor e exijo este enquadramento de 10.300 pessoas. Tem que sair antes das eleições [de outubro]. E também o senhor relator [da MP], senador Romero Jucá [PMDB-RR], que está deixando de fora os terceirizados e estagiários. Só isso dão mais de 3 mil famílias. Uma grande injustiça! — declarou Telmário.
Fonte: Agência Senado, em 09/04/2018
Compartilhe

Todas as notícias e artigos publicados são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo a opinião do Portal do Servidor Federal.


Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.
Notícia anterior
Próxima notícia