Polícias Rodoviária, Federal, Civil e Militar oferecem 2.500 vagas no país


O ano de 2017 já começou com um bom cenário para quem pretende fazer concurso para a carreira policial. De acordo com o professor Leandro Antunes, coordenador de cursos para corporações militares, esse tipo de carreira é ideal para quem gosta de desempenhar atividades dinâmicas.

O concurso de carreiras policiais tem vários pontos favoráveis a serem pesados, a realização de um sonho, porque quem faz esse concurso geralmente tem o sonho de seguir essa carreira, a estabilidade definitiva de um concurso, e remunerações que superam R$ 15 mil, dependendo do cargo pretendido, comenta Tiago Pugsley, professor de Direito Penal e coordenador de carreiras policiais do IMP Concursos.


A peculiaridade dos concursos voltados pra carreira policial é que eles geralmente são compostos de cinco etapas, quase todas eliminatórias: prova intelectual, prova física, exame médico, exame psicotécnico e investigação da vida pregressa.

Para quem pretende passar em um concurso como esses, é importante focar nas seguintes matérias: Direito Penal; Processo Penal; Direito Constitucional; Direito Administrativo,Português e Informática. Além disso, já vir estudando essas matérias antes do edital, e depois focar na análise de especificidades de cada órgão, e o perfil da banca examinadora, explica o professor Tiago Pugsley.

Confira abaixo algumas opções na carreira policial e prepare-se:


Polícia Federal (PF)

A Polícia Federal tem liberdade para autorizar novas seleções, garantida pelo Decreto nº 8.326/2014, mas chega num impasse, quando esbarra nas limitações financeiras estabelecidas pelo Governo, e conseqüentemente, no limite de contratação de pessoal pela administração pública federal. Foram solicitadas 1.758 vagas, sendo 600 para escrivães; 600 para agentes; 491 para delegados e 67 para peritos. A demanda está sob análise do Ministério de Justiça e do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

O candidato a um dos cinco cargos da carreira policial da PF deve ter graduação completa e carteira de habilitação na categoria B ou superior. No caso de delegado, é preciso ser bacharel em direito e ter, no mínimo, três anos de experiência jurídica ou policial. Já para a função de perito exige formação conforme a área de atuação, o que inclui graduados em engenharia, química, física, medicina, odontologia, farmácia, informática, entre outros. A remuneração inicial para ambos os cargos é de R$ 22 mil. Graduados em qualquer área podem disputar vagas de agente, escrivão e papiloscopista (profissional responsável por coordenar o trabalho de identificação humana), carreiras com vencimento inicial de R$ 12 mil.

Polícia Rodoviária Federal (PRF)

A Polícia Rodoviária Federal enviou um novo pedido de concurso, em janeiro deste ano, para o cargo de Policial Rodoviário Federal ao Ministério de Justiça, mas o pedido ainda será analisado e encaminhado para o Ministério do Planejamento Desenvolvimento e Gestão. Foram solicitadas 1.300 vagas, mas vale lembrar, que essa decisão cabe ao Ministério do planejamento Desenvolvimento e Gestão, que vai liberar as vagas conforme análise orçamentária da União.

A data para a realização do concurso, só pode ser definida após a liberação das vagas, mas já se pode adiantar que os cargos são destinados para o nível superior – qualquer área de atuação - e o salário inicial da PRF atualmente é de R$ 9.043,98.

Fonte: Jornal Estado de Minas, em 08/03/2017
Compartilhe

Todas as notícias e artigos publicados são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo a opinião do Portal do Servidor Federal.


Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.
Notícia anterior
Próxima notícia