Consultor diz que reforma da Previdência rompe expectativas legítimas dos servidores


Luiz Alberto dos Santos, consultor do Senado Federal, disse que a reforma da Previdência rompe "expectativas legitimas de direito" dos servidores públicos.

Ele disse que as novas regras vão atingir fortemente 66% dos servidores da União que não entrarão nas regras de transição. Ele lembrou que foram feitas reformas do sistema público em 1998 e 2003 que vão reduzir o deficit atual.


Segundo o consultor, têm sido apresentados números na comissão que variam de um déficit atuarial de R$ 1,2 trilhão a R$ 5 trilhões. Esse seria o total da dívida previdenciária pública caso todas as aposentadorias tivessem que ser pagas hoje. Ele ressaltou a importância de conhecer estes números com mais profundidade para discutir a reforma.

Luiz Alberto dos Santos também criticou a argumentação que considera os números apenas como se os servidores tivessem que contribuir sozinhos para custear o sistema. Ou seja, sem pensar na participação do Estado neste custeio.

A Comissão Especial da Reforma da Previdência discute hoje as novas regras de aposentadoria para servidores públicos previstas na proposta de emenda à Constituição (PEC) 287/16, do Executivo.

Fonte: Agência Câmara, em 09/03/2017
Compartilhe

Todas as notícias e artigos publicados são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo a opinião do Portal do Servidor Federal.


Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.
Notícia anterior
Próxima notícia