Governo já admite mudanças no texto para aprovar reforma da Previdência



O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, admitiu nessa terça-feira (30), que o Palácio do Planalto pode atender alguns parlamentares e fazer mudanças no texto da reforma da Previdência.

Marun disse que o governo continua aberto ao diálogo e que está disposto a analisar novas sugestões, de pontos específicos.

Mas, segundo o ministro, qualquer nova proposta deve manter as idades mínimas para a aposentadoria e o fim dos privilégios.

O vice-líder do Governo na Câmara, Beto Mansur, do PRB, reforçou o discurso e afirmou que o governo não pretende ceder nas regras de aposentadoria dos servidores públicos.

Os líderes da base aliada se reuniram na noite dessa terça-feira, na residencia oficial da Presidência da Câmara dos Deputados para discutir a estratégia na reta final, a menos de 20 dias da data marcada para a votação.

Durante a reunião, eles ficaram encarregados de mapear as bancadas e agendar novos encontros para esclarecimento de eventuais dúvidas sobre o texto.
Fonte: Radioagência nacional, em 31/01/2018
Compartilhe

Todas as notícias e artigos publicados são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo a opinião do Portal do Servidor Federal.


Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.
Notícia anterior
Próxima notícia