Manter a pressão para derrotar a reforma da Previdência



É inteiramente falso o otimismo alardeado nos últimos dias pelo governo golpista de que estaria alcançando os votos necessários para aprovar o desmonte da previdência (Emenda Aglutinativa Global à PEC 287/17). Bem ao contrário, o golpismo continua em crise, resultado da resistência dos trabalhadores, mesmo se a única política de Temer é avançar no programa do golpe, atacando a democracia, a soberania nacional e os direitos da classe trabalhadora tanto do setor público quanto do setor privado. Daí que devemos estar totalmente mobiliados para preparar greves e manifestações caso o governo tente colocar a proposta em votação. No início da semana falava-se em votar dia 13 de dezembro, hoje já se especula com o dia 21.

Ao mesmo tempo é importante orientar todos os servidores e servidoras, ativos, aposentados, pensionistas, a participar da pressão sobre os parlamentares, tanto em suas respectivas bases eleitorais quanto por meio da internet. Um instrumento bastante fácil e que sugerimos divulgar amplamente é o site https://napressao.org.br/. Também disponibilizamos nossa ferramenta para envio de email a todos os parlamentares. 

Clique aqui para defender sua aposentadoria.

Todos juntos contra a reforma da previdência. Parlamentar que vota sim, não volta!

Direção Condse/Fenadsef

Fonte: Condsef, em 08/12/2017
Compartilhe
Notícia anterior
Próxima notícia