Randolfe diz que Temer desmonta o Estado e é o presidente 'mais perverso'


O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) classificou nesta terça-feira (7) o governo do presidente Michel Temer como “o mais perverso em relação aos mais pobres e aos trabalhadores deste país”. Em pronunciamento no Plenário, o parlamentar criticou medidas adotadas nos últimos meses pelo Poder Executivo.

Randolfe citou, por exemplo, a edição da medida provisória (MP) 805/2017, que eleva a contribuição previdenciária dos servidores públicos de 11% para 14%. Ele também criticou a retirada de R$ 1,7 bilhão que seriam destinados ao programa Bolsa Família no Orçamento de 2018 e a edição do Decreto 9.188/2017, que autoriza a privatização de empresas públicas.

— É, na prática, a morte do modelo de Estado Nacional que o Brasil levou quase 200 anos para constituir. Em uma canetada, o senhor Michel Temer escancara as portas para a privatização do Banco do Brasil e anuncia a privatização da Eletrobras. Ninguém ousou tanto.

Fonte: Agência Senado, em 07/11/2017

Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião do Portal do Servidor Federal.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.

Outras notícias em destaque: