Nota de esclarecimento: Funpresp atinge 52 mil participantes e tem taxa de adesão de 99% em 2017


A propósito da matéria publicada no Jornal Extra, neste domingo, 19/11/2017, intitulada “Funpresp patina e tem pouca adesão entre os Servidores Federais”, com a finalidade de reestabelecer a verdade, a Funpresp esclarece:

- Em 4 anos e 9 meses de funcionamento a Funpresp já acumula um patrimônio de R$ 683 milhões e conta com 51.972 participantes (dados de 31/10/17), dentre os quais 39.339 com paridade de contribuição do Poder Executivo, ou seja, recebem acima do teto do INSS (R$ 5.531,31 em 2017).

- Os demais são participantes ativos alternativos (12.633), com remuneração abaixo do teto ou são servidores regidos exclusivamente pelo regime próprio de previdência social, independentemente do salário. Ou seja, servidores que ingressaram no serviço público antes de 4 de fevereiro de 2013, quando a Funpresp iniciou a administração da previdência complementar.

- Não é verdade que fizemos levantamento exclusivo para o jornalista. Todas as informações sobre as taxas de adesão da Entidade que consideram o número de ingressos no serviço público e o número de adesões à Funpresp estão contidos nos Relatórios Anuais da Entidades dos anos de 2013, 2014, 2015 e 2016 e são atualizadas mensalmente no site da Funpresp.

- Ao responder a reportagem encaminhamos os números de adesão só do Poder Executivo (a Funpresp também administra o plano de previdência do Poder Legislativo Federal) e de quem ingressou no serviço público após 4 de fevereiro de 2013, com remuneração acima do teto do INSS e que não possuía vínculo anterior órgãos da União.

- O total de ingressos informado foi de 63.924 servidores do Poder Executivo elegíveis à previdência complementar com paridade de contribuição. Desses, até 30 de outubro de 2017, 39.339 tinham aderido ao plano de previdência complementar, o que representa 61,54% do total. Não considera os servidores do Legislativo (com o plano administrado pela Funpresp) ou do Judiciário (com Fundação Própria).

- A matéria é confusa e cheia de contradições pois compara números gerais de ingresso no serviço público federal no período de 2013 a 2017, com número de adesão apenas de quem ganha acima de R$ 5.531,31 no respectivo ano. Por exemplo, dos 6.037 ingressos em 2017, 5.988 aderiram à Funpresp, numa taxa de adesão equivalente a 99,18%, entre janeiro e outubro desse ano.

Por fim, cabe acrescentar que a Funpresp é uma entidade que tem como valor bem informar, seja por meio da imprensa, seja por meio dos seus próprios canais de comunicação. E, ao contrário do que a matéria dá a entender, ao distorcer os números e comparar dados incomparáveis, cresce de forma contínua, com credibilidade e sustentabilidade, com a certeza de que cumprirá seu objetivo de garantir a previdência complementar dos servidores públicos federais dos poderes Executivo e Legislativo.

Gerência de Comunicação e Relacionamento

Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião do Portal do Servidor Federal.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.

Outras notícias em destaque: