Notícias Artigos Apostilas para concursos Cursos de capacitação Advogado online Forum Permutas Contato

06 junho 2017

Reunidos na manhã desta segunda-feira, 5 de junho, representantes das principais centrais sindicais do Brasil - CUT, UGT, Força Sindical, CTB, Nova Central, CGTB, CSP-Conlutas, Intersindical, CSB e A Pública-Central do Servidor -, definiram o dia 30 de junho como a data oficial para a próxima greve geral da classe trabalhadora. Assim como aconteceu na greve geral do dia 28 de abril, os trabalhadores vão protestar contra a retirada de direitos prevista nas reformas trabalhista e previdenciária, que tramitam no Congresso Nacional, e contra a lei de terceirização. Além disso, os manifestantes vão se somar a grande massa da população que pede a renúncia do ilegítimo presidente Temer e exige eleições diretas.

Até o dia 30, várias atividades serão realizadas para mobilizar os trabalhadores. A Condsef/Fenadsef orienta seus sindicatos a realizarem assembleias nos locais de trabalho, no sentido de engajar os servidores federais na programação. Nesta quarta, dia 7, está agendada uma reunião do Fórum Nacional dos Servidores Federais, em Brasília, quando a organização da greve geral na base do funcionalismo federal deverá ser o ponto principal. Na próxima semana, está prevista uma plenária nacional da Condsef/Fenadsef e a greve geral também estará na pauta.


Além da definição da data da greve geral, as centrais sindicais aprovaram um calendário de mobilizações que começa nesta terça, dia 6, e segue até o final do mês. No dia 20, está previsto um Esquenta Greve Geral, uma espécie de Dia Nacional de Mobilização, com panfletagens e atos públicos em todo o país para divulgar a greve geral. A ideia é dialogar com a população e denunciar o governo ilegítimo, que insiste em retirar direitos da classe trabalhadora.

Ao final da reunião das centrais sindicais, foi aprovado um documento, o qual está reproduzido abaixo:


Unidade e luta em defesa dos direitos

As centrais sindicais (CUT, UGT, Força Sindical, CTB, Nova Central, CGTB, CSP-Conlutas, Intersindical, CSB e A Pública- Central do Servidor) convocam todas as suas bases para o calendário de luta e indicam uma nova greve geral dia 30 de junho.

As centrais sindicais irão colocar força total na mobilização da greve em defesa dos direitos sociais e trabalhistas, contra as reformas trabalhista e previdenciária, contra a terceirização indiscriminada e pelo #ForaTemer.

Dentro do calendário de luta, as centrais também convocam para o dia 20 de junho – O Esquenta Greve Geral, um dia de mobilização nacional pela convocação da greve geral.

Ficou definida também a produção de jornal unificado para a ampla mobilização da sociedade. E ficou agendada nova reunião para organização da greve geral para o dia 07 de junho de 2017, às 10h na sede do Dieese.


Agenda

- 06 a 23 de junho: Convocação de plenárias, assembleias e reuniões, em todo o Brasil, para a construção da greve geral.

- Dia 20 de junho: Esquenta greve geral com atos e panfletagens das centrais sindicais;

- 30 de junho: Greve geral.

CGTB – Central Geral dos Trabalhadores do Brasil
CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros
CSP Conlutas – Central Sindical e Popular
CTB – Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil
CUT – Central Única dos Trabalhares
Força Sindical
Intersindical – Central da Classe Trabalhadora
NCST – Nova Central Sindical de Trabalhadores
Pública - Central do Servidor
UGT – União Geral dos Trabalhadores

Fonte: Condsef, em 05/06/2017
Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Nosso aplicativo

Nosso aplicativo
Use um leitor de QR Code para instalar no seu celular

Siga o Portal nas redes sociais

Cursos de capacitação online