Senadora critica decisão do STF pelo corte de salário de servidor grevista


Compartilhe esta publicação:

A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) criticou nesta segunda-feira (31) decisão do Supremo Tribunal Federal que considera legítimo o corte imediato no salário de servidores em greve. Para ela, isso “fere de morte um direito consagrado na Constituição e foi um verdadeiro presente de grego” para os servidores.

Na avaliação de Fátima Cleide, a decisão do STF é mais uma tentativa — dessa vez por via judicial — de desarticular e reprimir a mobilização de servidores e trabalhadores contra ataques aos direitos trabalhistas.

— É muita coincidência essa decisão vir no exato momento em que amplas parcelas dos trabalhadores — especialmente dos trabalhadores — estão em luta para barrar essa agenda de retirada de direitos. Tenho mais do que convicção — muita confiança — de que a luta vai continuar nas ruas, nos locais de trabalho e aqui no Parlamento.


Fátima Cleide também reclamou que o Ministério da Educação não mandou representantes para o debate sobre os impactos da proposta que visa limitar os gastos públicos no campo da educação. Segundo a senadora, todos os debatedores expressaram inconformismo e indignação frente aos efeitos que da PEC 55/2016 sobre as áreas sociais.
Fonte: Agência Senado, em 31/10/2016

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.