Comissão não se reúne, e desvinculação sobre salários de ministros do STF encalha


Compartilhe esta publicação:

O cancelamento da reunião de ontem da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado pôs um ponto de interrogação no debate sobre a emenda à Constituição que prevê o fim da vinculação dos salários de algumas categorias do funcionalismo público aos vencimentos dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Como a comissão não tem data prevista para um novo encontro, a tendência é que o assunto seja discutido após o primeiro turno das eleições municipais, no dia 2 de outubro.


Os senadores aguardam, também, uma posição concreta da ministra Cármen Lúcia, presidente do STF, sobre a retirada do projeto de lei de tramitação. Durante sua posse no comando da Corte, ela tratou do assunto e se disse contrária ao aumento em meio à crise econômica.
Fonte: Jornal Extra, em 22/09/2016

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.