SINDJUFE-BA atua em defesa dos servidores concursados do TRT5


Compartilhe esta publicação:

O SINDJUFE-BA ingressou com requerimento administrativo em favor dos futuros servidores do TRT5, no Processo 2125/2015, que trata do Edital do Concurso nº 01/2013, visando à aplicação da jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, que determina a aplicação dos princípios da Isonomia, legalidade e impessoalidade, quando ocorrer à anulação de questões objetivas, em aplicação de provas de concursos, por requerimento de candidatos ao cargo público.

Servidores efetivos que passaram em concurso informaram que concursados ingressaram com requerimento administrativo e segundo as razões e informações apresentadas, as questões anuladas seriam consideradas apenas para os autores do requerimento, em completa afronta a isonomia e impessoalidade no tratamento da questão.

Desta forma, solicitamos a Banca Examinadora à aplicação dos princípios que norteiam a administração pública no tratamento dos concursos públicos, que devem ser norteados pela isonomia, impessoalidade e legalidade.

Veja o link do requerimento aqui.

Fonte: Sindjufe-BA, em 19/08/2016

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.