Administrativos fazendários apontam demandas que serão base para proposta de reestruturação de carreira

Representantes dos servidores administrativos fazendários de dez estados (BA, CE, ES, MG, MT, PE, PI, RJ RO, RS) e o Distrito Federal estiveram em Brasília no último dia 16 para o encontro nacional da categoria. Além de debater a conjuntura e a unidade dos servidores em torno do combate a projetos que ameaçam os serviços públicos, como o PLP 257/16 e a PEC 241/16, os fazendários também discutiram a necessidade de ampliar a mobilização em torno de uma reestruturação do PEC/FAZ.

Para isso, foram levantados pontos considerados prioritários nessa tarefa. A partir desses pontos, com auxílio de suas assessorias, a Condsef vai elaborar uma proposta de reestruturação que leve os itens em conta. A proposta será encaminhada aos estados para que seja debatida nas bases e devolvida à Condsef para que envie aos ministérios da Fazenda e do Planejamento e cobre o atendimento do pleito.

Entre as propostas para reestruturar a carreira estão sugestões que incluem desde mudança de nomenclatura de cargos, passa por aglutinação respeitando grau de escolaridade, salários e atribuições, até a redefinição de atribuições com base na realidade do Ministério da Fazenda. Os fazendários também priorizam a instituição de uma gratificação de qualificação (GQ) para os três níveis como forma de incentivo à categoria.

Nas diretrizes para reestruturar o plano de carreira também estão incluídas intenções como a garantia de crescimento na carreira, a mobilidade no ministério, a reinstituição da ascensão funcional, ênfase no coletivo, evolução na carreira levando em conta a capacitação, qualificação e tempo de serviço e outros.
Fonte: Condsef, em 21/07/2016

Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião do Portal do Servidor Federal.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.

Outras notícias em destaque: