Governo interino tentou reverter decisão que dá voto de minerva a trabalhadores em questões envolvendo a Geap


Compartilhe esta publicação:

Essa semana houve uma tentativa do governo interino em revogar decisão do Conselho de Administração (Conad) que promoveu atualização no Estatuto da Geap determinando que, de agora em diante, a presidência do Conselho será exercida por um dos conselheiros eleito pelos beneficiários dos planos da operadora.

Em termos práticos, nas decisões em que o consenso não for possível entre os membros do colegiado, o interesse do beneficiário terá um peso diferenciado (voto de minerva). Após extensa discussão, as determinações do Conad foram mantidas. Em reuniões que ocorreram ontem, 19, e hoje, houve discussão ainda sobre a redução do reajuste de 37,5% imposto pela Geap e que tem gerado uma série de ações judiciais nos estados contra aumento muito acima da inflação.

O Conad se comprometeu a implantar um valor de cerca de 20% que está baseado em índice de inflação médica. Como condicionante, o conselho solicitou que todas as entidades retirem ações na justiça contra reajuste do plano. Dessa forma, o novo percentual passaria a valer a todos os beneficiários do plano e não apenas aos que forem acobertados por ganhos em ações judiciais.

Além da Condsef estavam na reunião representantes da Fenasps, Fasubra, Anasps e outras. A próxima reunião do Conad está agendada para o dia 10 de junho que é quando as entidades devem dar um retorno ao conselho a respeito do acordo que envolve o reajuste da Geap.

A Condsef vai encaminhar orientação a todas as suas filiadas para que seja feita análise a respeito dessa possibilidade. Continue acompanhando. Essas e outras informações de interesse dos setores da base da Condsef vão continuar sendo divulgadas aqui em nossa página.

Fonte: Condsef, em 20/05/2016

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.