Plenário da Câmara encerra mais um dia sem votar urgência do PL 2648


Compartilhe esta publicação:

Apesar de mais um dia de expectativa, o plenário da Câmara encerrou a sessão extraordinária desta quinta-feira (7/4), na qual seria votado o requerimento de urgência do PL 2648, sem a apreciação de nenhum item da pauta. Nesta sexta-feira, haverá duas sessões não deliberativas, uma de debates e a outra solene. A próxima segunda-feira (11/4) será um dia praticamente perdido, já que as atenções estarão voltadas à emissão do parecer da Comissão de Impeachment. Diante deste cenário, o presidente do Sisejufe Valter Nogueira Alves trabalha, juntamente com outros dirigentes sindicais, para que a votação do projeto de reajuste salarial da categoria possa acontecer na terça-feira. “Alguns líderes partidários já foram contatados e sinalizaram essa possibilidade”, diz.

Segundo Valter, o Supremo Tribunal Federal (STF) também fez conversas com algumas lideranças, que concordaram que há ambiente para se votar na terça e ainda se comprometeram em assumir a relatoria dos projetos do MPU e do Judiciário. “O cenário político é complicado, mas precisamos manter a pressão. Nosso projeto tem recursos, foi negociado com melhorias e há consenso para que entre em pauta. Agora é trabalhar junto a lideranças do governo e da oposição para votá-lo no momento certo. Não podemos abrir mão disso”, afirma o presidente do Sisejufe.

Fonte: Sisejufe, em 07/04/2016

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.