Campanha Salarial: PLN 1/2016 já está na CMO do Congresso Nacional


Compartilhe esta publicação:

Já está na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização – CMO, no Congresso Nacional, para análise, a proposta (PLN 1/2016) que altera a meta fiscal de 2016, para permitir, entre outras ações, o envio, também ao Congresso Nacional, do projeto de lei que reajusta os vencimentos de várias carreiras de servidores públicos federais, a exemplo dos Auditores-Fiscais do Trabalho. O PLN enviado pelo Executivo estabelece meta de superávit primário de R$ 9,3 bilhões para o setor público consolidado, sendo R$ 2,8 para o governo federal.

Assim como o Sinait, várias outras entidades aguardam o envio do projeto de lei que vai transformar em realidade os Termos de Acordos assinados entre várias categorias e o governo depois de um ano de difícil negociação.

De acordo com o presidente do Sinait, Carlos Silva, o Sindicato está completamente envolvido na luta pela aprovação do projeto de lei que vai viabilizar o reajuste da categoria. “Os Auditores-Fiscais do Trabalho devem estar preparados para mais uma etapa de mobilização, de contato com lideranças da Câmara e do Senado, em busca da consolidação do esforço de toda a categoria na aprovação do projeto. Será, como sempre, uma árdua batalha. O Sinait conta com o engajamento e dedicação de todos os Auditores-Fiscais do Trabalho na luta pela defesa de seus direitos e interesses”, enfatizou o presidente.

Clique aqui para ler a matéria publicada pela Agência Câmara de Notícias sobre o assunto.

Fonte: Sinait, em 25/04/2016

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.