Servidores da União criticam reforma fiscal e ameaça aos direitos conquistados


A reforma fiscal pretendida pelo governo federal não agradou em nada aos servidores da União. A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef) enviou um comunicado aos seus associados com críticas à proposta.

No topo das reclamações, a possibilidade de demissões do serviço público, a falta de previsão para novos concursos públicos e, por fim, o congelamento dos salários sem aumentos reais (quando a porcentagem de correção é inferior à inflação do ano).

A confederação cita “ameaças aos direitos conquistados pelos servidores”. E avisa: “sem resistência, há fortes chances de que tudo seja aprovado em benefício não do povo”. A mensagem ainda promete “luta e resistência” contra o pacote.
http://extra.globo.com/emprego/servidor-publico/servidores-da-uniao-criticam-reforma-fiscal-ameaca-aos-direitos-conquistados-18944542.html
Compartilhe
Notícia anterior
Próxima notícia