Aprovação do 2648 passa por acordo com Cunha na Câmara


Compartilhe esta publicação:

Dirigentes sindicais acompanhados pela coordenadora da Fenajufe, Mara Weber, se reuniram na tarde desta quarta-feira, 16, com Garighan Amarante, Chefe de Gabinete da Liderança do PR na Câmara dos Deputados, sob o comando do deputado Maurício Quintela (AL). Além da coordenadora a reunião contou também com a presença dos presidentes, do Sindiquinze (Campinas), José Aristéia Pereira e do Sisejufe (RJ), Valter Nogueira Alves. O encontro fez parte de uma intensa programação na Câmara dos Deputados, na busca de apoio para pautar o PL 2648/2015 na reunião dos líderes e sua posterior aprovação no plenário.

Segundo Amarante, na próxima semana - com o feriado da Semana Santa - a reunião das lideranças deve acontecer na segunda-feira, 21, e não haveria qualquer impedimento para que o deputado Maurício Quintela apresentasse o projeto para a discussão dos líderes. Neste trabalho, inclusive, Quintela contaria com o apoio do líder do PSD, Rogério Rosso (DF).

Na avaliação do chefe de gabinete da liderança do PR é imperativo que seja feita a conexão com o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB/RJ). Sem Cunha, nenhum projeto entra na pauta. Amarante indicou ainda que também o líder do PMDB, Leonardo Picciani (RJ) deve ser contatado para apoiar a iniciativa.

Após a reunião com Amarante os dirigentes puderam conversar com o Juiz Auxiliar da Presidência do STF, Paulo Schmidt, também em incursões na casa. Schmidt acredita ser necessária a intervenção do líder do PMDB para o andamento do projeto. O juiz auxiliar informou aos dirigentes que o STF trabalha para que a votação do PL 2648 aconteça na próxima semana, apesar do feriado. Mas na avaliação dos dirigentes, a votação corre o risco de acontecer apenas na última semana do mês.

http://www.fenajufe.org.br/index.php/imprensa/ultimas-noticias/fenajufe/3914-aprovacao-do-2648-passa-por-acordo-com-cunha-na-camara

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.