Judiciário: Fenajufe reúne-se com José Guimarães


Compartilhe esta publicação:

O coordenador Cledo Vieira esteve reunido na tarde desta segunda-feira, 1º, com o líder do governo na Câmara dos Deputados, deputado José Guimarães (PT/CE). Cledo abriu a reunião agradecendo a atenção dispensada pelo senador Paulo Rocha (PT/PA) e do deputado José Guimarães (PT/CE), no sentido de tentar melhorar o PL 2648/2015, segundo o que foi aprovado pela categoria.

Adilson Rodrigues, que tinha articulado e agendado a reunião em nome da Comissão de Negociação da Fenajufe, chegou logo em seguida e cobrou posicionamento do líder do governo sobre as consultas que tinha ficado fazer junto às áreas do governo. Adilson e Cledo repassaram informações ao parlamentar, que vão subsidiar as defesas de Guimarães na reunião do Colégio de Líderes, na quarta-feira, 3. Com a ameaça de paralisia dos trabalhos na Câmara por conta do pedido de impeachment da presidente da República e o processo contra o presidente Eduardo Cunha (PMDB/RJ), o ritmo de funcionamento da Casa pode ser definido pelos líderes, na quarta-feira.

Quanto ao ofício encaminhado a José Guimarães em dezembro de 2015 contendo as propostas de melhorias no PL 2648/2015 (pode ser lido AQUI), ainda não houve manifestação do gabinete do deputado. O projeto tramita em regime de prioridade e em caráter conclusivo. Ele já foi aprovado sem emendas na CTASP e agora aguarda análise pela CFT. Se mantido o rito normal, o projeto vai ainda à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara. A partir da quinta-feira, 4, começa a correr o prazo de cinco sessões para a apresentação de emendas ao projeto na CFT.

Segundo o deputado José Guimarães, no momento a dificuldade de pautar o 2648 é porque o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), tem se manifestado no sentido de paralisar as atividades da casa legislativa. Guimarães entendeu que a Fenajufe vai trabalhar de forma concomitante para que o projeto vá ao plenário com urgência, não se esquecendo de buscar as melhorias, aprovadas na reunião ampliadinha da Federação, em novembro do ano passado.

Na avaliação do coordenador Cledo Vieira, o cenário de crise política vai exigir trabalho redobrado da categoria. "Apesar da boa vontade do vice-líder do PT no senado, senador Paulo Rocha e do líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães, as nossas reivindicações de melhoria ainda não ultrapassaram a linha destes gabinetes. Não tem ressonância nem no Palácio do Planalto e nem pelo STF e com a preocupação do presidente Cunha em defender seu mandato e o impeachment da presidente Dilma Rousseff, precisamos trabalhar mais para garantir a aprovação do projeto com melhorias", aponta.

O coordenador Adilson Rodrigues registra que "a categoria deve permanecer unida e mobilizada para pressionar por uma resposta efetiva do governo através de seu líder sobre as melhorias que buscamos, buscando garantir também a utilização do orçamento dos meses que não tenha sido utilizado por conta da não aprovação do projeto. Exigimos o mesmo tratamento já dispensado aos magistrados e o fim do desrespeito aos servidores que fazem o Judiciário Federal funcionar no país".

http://www.fenajufe.org.br/index.php/imprensa/ultimas-noticias/fenajufe/3838-fenajufe-reune-se-com-jose-guimaraes

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.