Bancos privados vão pagar salários de servidores


Compartilhe esta publicação:

Bancos privados já estão sendo credenciados pela União para serem responsáveis pelas folhas de pagamentos de salários e de outros benefícios dos servidores públicos do governo federal, além da Caixa Econômica e do Banco do Brasil. O Bradesco é uma das primeiras instituições financeiras a conseguir autorização dentro das regras do edital de credenciamento publicado pelo Ministério do Planejamento.

De acordo com o banco, para optar pela mudança basta procurar qualquer agência da rede. A operação não é de portabilidade bancária. O Bradesco não divulgou quais serão as vantagens, alegando questão estratégica.

O edital prevê que, como contrapartida financeira, as instituições vão pagar ao governo federal 1,03% sobre o salário líquido de cada remuneração creditada. Esse valor não será descontado do trabalhador. Com a nova operação ofertada desde a última segunda-feira, a estimativa é de arrecadar anualmente R$ 949 milhões.

De acordo com o Ministério do Planejamento, o credenciamento será válido por 60 meses, com contratos de 12 meses, que podem ser renováveis. Segundo o governo, a folha tem 1,3 milhão de funcionários federais, entre ativos (servidores estatutários e celetistas), comissionados, temporários, aposentados e pensionistas.

http://blogs.odia.ig.com.br/coluna-do-servidor/2016/02/03/bancos-privados-vao-pagar-salarios/

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.