Ministério da Justiça economiza R$ 2 milhões em 2015 com tramitação eletrônica de documentos


Compartilhe esta publicação:

O uso do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) no Ministério da Justiça (MJ) reduziu em R$ 2 milhões os gastos da pasta em 2015. A economia foi calculada a partir da diminuição de despesas com papel, serviço de postagem, impressão e transporte. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (13), durante a cerimônia de comemoração de um ano de implantação do SEI no ministério.

O secretário executivo do ministério, Marivaldo de Castro Pereira, disse que o sistema é grande marco de inovação, revisão de processos, participação e busca de eficiência vivenciado no órgão. “O Ministério da Justiça abraçou o SEI. Talvez seja uma das políticas de maior unanimidade entre os servidores, porque trouxe uma melhoria de trabalho muito grande, aumentou a agilidade dos processos, aumentou a transparência, melhorou o ambiente de trabalho”, completou Marivaldo.

De acordo com o secretário executivo, o sistema foi implantado no órgão em apenas três meses. No período, a equipe técnica do ministério trabalhou para ajustar a estrutura para a implementação e também para sensibilizar os demais servidores. “Foi um período muito importante para trabalhar com os servidores. Era impressionante o retorno que eu tinha deles”, comemora Marivaldo.

O SEI é uma das três ações no âmbito do Processo Eletrônico Nacional (PEN). Ao todo, 133 órgãos já estão envolvidos com o projeto.

http://www.brasil.gov.br/governo/2016/janeiro/tramitacao-eletronica-gera-economia-r-2-milhoes-em-2015

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.