Benefícios dos servidores federais do Poder Executivo são corrigidos


Compartilhe esta publicação:

Já estão em vigor os novos valores dos auxílios alimentação, saúde e creche dos servidores federais do Poder Executivo. A correção passou a valer no dia 1º deste mês. A atualização dos benefícios não foi impactada pelos ajustes fiscais implementados pela equipe econômica do governo no ano passado. Os auxílios serão reajustados conforme a inflação do período em que não foram alterados: o auxílio-alimentação passou de R$ 373 para R$ 458; o valor per capita médio no plano de saúde subiu de R$ 117,78 para R$ 145; o auxílio-creche teve o seu valor médio por servidor elevado dos atuais R$ 73,07 para R$ 321.

O Ministério do Planejamento esclareceu na época do anúncio pelo governo que os recursos para o pagamento dos benefícios não faziam parte da despesa de pessoal especificada no Anexo V do Orçamento deste ano, mas sim da despesa de custeio dos órgãos e entidades. Com isso, os valores e critérios apresentados na mesa de negociação do ano passado estão mantidos para 2016. Somados, os três reajustes têm impacto anual orçamentário de R$ 1,3 bilhão.

No acordo assinado com o funcionalismo, há uma cláusula de revisão na proposta de reajuste plurianual (quatro anos), para preservar o poder aquisitivo dos servidores destes benefícios, caso haja erro na previsão de inflação futura.

http://blogs.odia.ig.com.br/coluna-do-servidor/2016/01/02/beneficios-dos-servidores-federais-do-poder-executivo-sao-corrigidos/

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.