>>
Notícias Artigos Apostilas para concursos Cursos de capacitação Advogado online Forum Contato

10 dezembro 2015

Dando prosseguimento aos trabalhos no Congresso nacional em busca de espaços para negociar as alterações no PL 2648/2015, aprovadas na reunião “ampliadinha” entre a Fenajufe e os sindicatos filiados, a Comissão Nacional de Negociação reuniu-se com o senador Paulo Rocha (PT/PA) e defendeu as mudanças exigidas pela categoria. Da reunião participaram os coordenadores membros da Comissão Cledo Vieira, Eugênia Lacerda, Luis Claudio Correa e Saulo Arcangeli, acompanhados também pelo coordenador da Fenajufe Tarcísio Ferreira e o Diretor Geral do Supremo Tribunal Federal (STF), Amarildo Vieira. Estiveram presentes também os diretores do Sisejufe/RJ, Valter Nogueira e Mariana Ornelas.

Os representantes da Federação apresentaram ao senador as mudanças pretendidas no PL 2648/2015 dando destaque à redução do parcelamento; à supressão do artigo 6º do projeto e a Incorporação dos valores previstos para o aumento das CJs na recomposição salarial de toda a categoria. Após ouvir a Comissão, o senador indagou o Diretor Geral sobre qual a posição oficial do STF. Amarildo Vieira informou que o Supremo não se opõe às duas primeiras reivindicações. Mas ponderou que, em razão do impacto no orçamento isso depende do governo. Quanto as CJs, destacou que é uma pauta prioritária para as administrações do STF e Tribunais Superiores, logo, de difícil acordo quanto à sua retirada.

Ao final do encontro o senador se colocou como conciliador entre a Fenajufe, o STF e o governo. O objetivo é construir um acordo para viabilizar a votação com segurança e agilidade no Congresso Nacional

Uma reunião entre a Fenajufe, o STF e as lideranças do governo - senador Paulo Rocha e deputado José Guimarães (PT/CE)- está agendada para a quinta-feira, 10.
http://www.fenajufe.org.br/index.php/imprensa/ultimas-noticias/fenajufe/3785-comissao-de-negociacao-da-fenajufe-reune-se-com-senador-paulo-rocha-e-stf
Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Siga o Portal nas redes sociais

Cursos de capacitação online