Cargos de confiança que deveriam ter sido cortados seguem intactos


Compartilhe esta publicação:

Mais de um mês depois da reforma administrativa de Dilma Rousseff, os cerca de 3000 cargos de confiança que deveriam ter sido cortados seguem intactos — uma estratégia para evitar mais atritos com os partidos. Com a fusão de secretarias e pastas, as atribuições de parte desse exército foram extintas e muitos funcionários passam o dia navegando em redes sociais.

Integrantes do Ministério Público Federal já se debruçam sobre o caso e estudam propor ações de improbidade administrativa contra ministros por deixarem tanta gente recebendo sem trabalhar.

http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/governo/cargos-de-confianca-que-deveriam-ter-sido-cortados-seguem-intactos/

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.