Servidores preparam nova mobilização para derrubar veto 26


Compartilhe esta publicação:

Os servidores vão paralisar o trabalho no Judiciário Federal em São Paulo nos dias 16, 17 e 18 de novembro para acompanhar a sessão do Congresso que deve votar o veto presidencial 26/2015, referente ao projeto salarial da categoria, o PLC 28/2015. Na semana passada, o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse a lideranças do Senado que deve convocar a sessão para analisar os vetos no dia 17 de novembro.

A decisão de paralisar o trabalho foi tomada pelos servidores na assembleia geral realizada no último sábado, 17, na sede do Sintrajud. Também foram definidas as atividades de mobilização que a categoria vai promover para manifestar sua indignação com o veto à reposição salarial. As reuniões do Comando Estadual de Greve devem ser retomadas, assim como a campanha de sindicalização.

No próprio dia 17 será realizado um ato estadual, em local a ser definido, para aumentar a pressão sobre os parlamentares. Uma caravana de servidores seguirá um dia antes para Brasília, onde deverá se juntar a delegações de outros estados para mais uma grande mobilização pela derrubada do veto na capital federal.

A ideia é que desta vez a caravana seja inteiramente bancada pelos servidores, por meio de uma campanha específica de arrecadação de fundos.

Outra decisão da assembleia está ligada à pressão que os servidores pretendem exercer sobre os parlamentares do estado de São Paulo. O Sintrajud deverá divulgar a relação desses parlamentares e os servidores vão se organizar em grupos para visitá-los e para cobrar o apoio à derrubada do veto.

Os servidores aprovaram ainda uma moção de desagravo aos dois dirigentes do Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista (Sindipetro-LP) que foram presos durante manifestação pacífica em Santos no dia 14.

http://www.sintrajud.org.br/conteudo/detalhe_noticia.php?cod=4254

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.