Planalto articula para que vetos à pauta-bomba sejam apreciados


Compartilhe esta publicação:

Visando assegurar a manutenção de vetos presidenciais a medidas que elevam os gastos públicos, o Planalto age para enfraquecer dissidentes na base aliada e viabilizar a votação marcada para esta terça (6) no Congresso.

A pedido da presidente Dilma Rousseff, o núcleo político do governo procurou deputados nesta segunda (5) e reuniu à noite no Palácio do Planalto líderes da base aliada para pedir que compareçam à sessão legislativa.

Em outra frente, ministros peemedebistas apelaram a deputados para tentar reverter a posição de parte da bancada que ameaça derrubar os vetos e, na semana passada, assinou manifesto contra a cessão de cargos no Planalto.

O governo aposta no aumento do espaço do PMDB na equipe ministerial para aumentar suas chances de manter os vetos –cujo impacto, caso sejam derrubados, pode chegar a R$ 63 bilhões para os próximos quatro anos.

O Planalto teme que a votação seja protelada mais uma vez. Isso porque o Tribunal de Contas da União deve julgar nesta quarta (7) as contas do governo.

Caso a maioria na corte acate a posição do relator Augusto Nardes, que deve pedir a rejeição das contas, o receio é de que o clima no Congresso se torne hostil ao governo.

Para evitar o adiamento, a presidente antecipou a posse de seus novos ministros e marcou para esta terça (6) a reunião da coordenação política do Palácio do Planalto.

A mudança dará à petista tempo para bolar uma estratégia e garantir a análise dos vetos. Segundo aliados, ela entrará pessoalmente na articulação, se for preciso.

Como a Folha revelou no domingo (4), o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), age para esvaziar a sessão do Congresso por estar insatisfeito com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que não viabilizou a análise no Congresso do veto presidencial às doações empresariais a campanhas eleitorais.

A oposição teme que o Planalto consiga manter os vetos à pauta-bomba.

http://m.folha.uol.com.br/poder/2015/10/1690606-planalto-articula-para-que-vetos-a-pauta-bomba-sejam-apreciados.shtml?mobile

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.