Nova sessão para análise de vetos só será convocada em novembro, diz Renan


Compartilhe esta publicação:

Depois de três tentativas fracassadas de reunir o Congresso para apreciar os vetos presidenciais que não foram concluídos no dia 23, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), confirmou, na tarde desta quinta-feira (8), que não fará convocação do Congresso na próxima semana, como foi anunciado pelos líderes na Câmara dos Deputados após reunião com o ministro Ricardo Berzoini, da Chefia de Governo.

“Nós vamos convocar nova sessão do Congresso, mas na forma do Regimento. Já fizemos sessão este mês”, afirmou Renan ao ser questionado sobre a nova data para a votação dos vetos. Na avaliação do presidente do Senado, o mercado já “precificou” os vetos. “O dólar já baixou. [O mercado] já entendeu que o fato de não ter tido quórum para a votação mostra que os vetos seriam mantidos”.

Depois da sessão do dia 23 de setembro, quando 26 dos 32 vetos existentes na pauta do Congresso foram mantidos, o senador Renan Calheiros já fez três convocações: uma no dia 30 e duas – dias 6 e 7 – esta semana. A Câmara não conseguiu reunir quórum suficiente para conseguir iniciar a votação e as duas reuniões acabaram sendo canceladas.

Para evitar novo desgaste, o presidente do Senado anunciou que somente irá fazer nova convocação no mês que vem. O líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT-MS) estava ao lado de Renan na hora em que ele fez o anuncio aos jornalistas presentes ao cafezinho do Senado.

Na última quarta-feira, após não conseguir reunir quórum para a sessão, Renan se reuniu com líderes da base no Senado e decidiu não fazer nova convocação este mês. Os governistas avaliam que ao não apreciar os vetos o governo vai mantendo a decisão da presidente Dilma Rousseff e evitando desgastes.

http://fatoonline.com.br/conteudo/10340/nova-sessao-para-analise-de-vetos-so-sera-convocada-em-novembro-diz-renan?or=h-not&p=l&i=4&v=0

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.