Greve nas instituições bate recorde


Compartilhe esta publicação:

A greve de professores das universidades e institutos federais bateu o recorde nesta segunda-feira (05), somando 128 dias, superando o tempo de paralisação da categoria de 125 dias registrado em 2012. Cerca de 2,8 mil professores de Mato Grosso da UFMT e IFMT estão parados há 4 meses e cerca de 25 mil alunos estão sem aula.

Os professores estão pedindo 27% de reajuste salarial e reestruturação da carreira. Para tentar colocar por fim à paralisação, o governo federal propôs um reajuste de 10,8% dividido em 2 anos, sendo 5,5% em 2016 e 5,3% em 2017.

Segundo a assessoria de imprensa da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Mato Grosso - (Adufmat), hoje eles estão fazendo um ato de mobilização em frente ao Ministério da Educação (MEC), em Brasília. "O Comando Nacional de Greve (CNG) da Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior (Andes) tem uma reunião marcada com o ministro da educação, Aloízio Mercadante, após uma ocupação que ocorreu no gabinete ministerial pelos docentes no dia 24 de setembro", disse.

Outras reivindicações fundamentais do 'Movimento Docente', como a reversão dos cortes de recursos destinados à Educação e discussão efetiva da carreira docente nos institutos federais de ensino ainda não foram contempladas. É com relação a essas reivindicações que se espera avançar na reunião com o ministro.

A vice-presidente do Andes, Marinalva Oliveira, ressalta que o governo só tem se movimentado para reunir com os grevistas quando há mobilização e pressão.

"A greve nacional dos docentes já ultrapassa 4 meses e tem sido fundamental nesta conjuntura para denunciar os efeitos destrutivos dos cortes orçamentários e da retirada de direitos dos trabalhadores. Só iremos sair daqui depois que o MEC responder as nossas pautas de reivindicações", afirmou.

Marinalva alerta que no dia 8 de outubro os professores irão fazer uma nova assembleia para discutir se mantém ou não a greve.

http://www.folhamax.com.br/cidades/greve-nas-instituicoes-bate-recorde/61913

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.