Fiscais agropecuários suspendem greve, mas aguardam posição de ministério

O Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) decidiu suspender temporariamente a greve na noite da última sexta-feira após decisão em assembleia nacional. Em nota, porém, a entidade ressalta que a categoria continua mobilizada e aguarda uma proposta do Ministério da Agricultura para oficializar o fim da greve. A paralisação dos fiscais federais agropecuários começou no dia 17 de setembro.

O presidente do sindicato, Maurício Porto, chegou a declarar ao Broadcast (serviço de notícias em tempo real da Agência Estado) no mês passado que o ministério concordou em atender às reivindicações da categoria. Os pedidos incluem reposição do quadro de fiscais, regulamentação do processo de meritocracia para a ocupação de cargos, regulamentação da lei que institui pagamento adicional aos servidores que atuam nas fronteiras do País e realização de concurso para transferência interna.

Depois disso, a ministra Kátia Abreu enviou ofício à Anffa Sindical dizendo que tem negociado com os fiscais agropecuários em pontos que concernem à valorização e ao desenvolvimento da carreira da categoria. No entanto, o sindicato comentou que o documento indica que não houve entendimento de que o ministério cumpriria as reivindicações.
http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/economia/2015/10/05/internas_economia,601872/fiscais-agropecuarios-suspendem-greve-mas-aguardam-posicao-de-ministerio.shtml

Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião do Portal do Servidor Federal.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.

Outras notícias em destaque: