Servidores querem revisão de medidas do governo e ameaçam greve


Compartilhe esta publicação:

Servidores federais prometem fazer uma greve geral caso o governo não reverta as medidas de aumento de impostos e de corte no reajuste dos servidores.

Na quarta-feira (23), eles fizeram um ato em frente ao Ministério da Fazenda contra as medidas do governo que eles consideram prejudiciais. O secretário-geral da confederação que representa os trabalhadores, Sérgio Ronaldo da Silva, detalha quais são elas.

Silva disse ainda que, na próxima semana, as entidades ligadas aos servidores devem fazer uma reunião com os sindicatos para discutir as próximas medidas.

Eles também entregaram um documento para os presidentes da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e do Senado Renan Calheiros, esclarecendo quais medidas do governo geram insatisfação aos servidores.

Mais cedo, cerca de 50 manifestantes do MTST Movimento dos Trabalhadores sem Teto e do Andes, Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior, ocuparam o ministério da Fazenda.

Eles foram retirados do local pela Polícia Militar, que usou spray de pimenta para dispersar os manifestantes.

http://radioagencianacional.ebc.com.br/geral/audio/2015-09/servidores-querem-revisao-de-medidas-do-governo-e-ameacam-greve-geral

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.