Governo cede e Planejamento sinaliza percentual de 10,8% para servidores num prazo de 2 anos


Compartilhe esta publicação:

A pressão que servidores federais vem exercendo junto ao governo nas ultimas semanas finalmente conseguiu destravar um impasse que vinha se arrastando no processo de negociações. O Ministério do Planejamento convocou uma reunião com a Condsef no final da tarde desta quinta-feira e informou ser possível negociar um percentual de 10,8% em um prazo de 2 anos (2016-2017).

Além de reduzir pela metade o prazo que travava um debate com a categoria, o governo mantém proposta de reajuste nos benefícios (auxílio-alimentação, creche e plano de saude) repondo percentual do período em que permaneceram congelados. Fica mantida tambem proposta que altera regras da contagem de pontos das gratificações para fins de aposentadoria que tiveram prazo para incorporação da nova realidade melhorado em relação a proposta anterior.

Sobre as demandas especificas dos setores da base da Condsef, o Planejamento sinalizou uma reunião para a próxima terça, 8. A Secretaria de Relações do Trabalho (SRT) informou que espera formalizar essa nova proposta ate amanhã, 4. No dia 10 de setembro a Condsef realiza mais uma plenária nacional da maioria do Executivo.

Destravar a proposta que o governo estava cristalizando em 4 anos e fruto da resistência e mobilização de servidores em todas as regiões do Pais. A categoria deve seguir mobilizada e se debruçar em torno da discussão desse novo cenário promovendo as avaliações pertinentes ao momento. Assim que receber a proposta formal do Planejamento a Condsef vai enviar a todas as suas filiadas e promover sua divulgação aqui no site. As atividades de mobilização da categoria devem continuar nessa reta decisiva dos processos de negociação.

http://condsef.org.br/inicial/7045-0309--governo-cede-e-planejamento-sinaliza-percentual-de-108-para-servidores-num-prazo-de-2-anos

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.