Dilma pede a líderes que mantenham veto ao aumento do Judiciário

Na reunião com líderes da Câmara dos Deputados, a presidente Dilma Rousseff pediu apoio para que mantenham o veto ao reajuste dos servidores do Poder Judiciário e avalizem o acordo proposto aos funcionários pelo Ministério do Planejamento. A eventual derrubada do veto implica um rombo extra estimado em R$ 26 bilhões. O veto deve ser votado pelo Congresso Nacional nesta quarta-feira.

De acordo com o líder do PSD na Câmara, Rogério Rosso (DF), Dilma pediu apoio ao projeto de lei orçamentária de 2016 encaminhado nesta segunda-feira e defendeu a opção pela transparência nas contas públicas. “Ela buscou preservar projetos de infraestrutura, educação e saúde, ela quer diálogo, buscar esse lado de conciliação e uma agenda para o país”, defendeu.

O líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), tentou transmitir otimismo, apesar do déficit de R$ 30 bilhões no orçamento para o próximo ano. Guimarães elogiou a iniciativa do governo de optar por uma peça “transparente”, e que ao mesmo tempo “preserva conquistas dos últimos anos”, referindo-se aos investimentos em gastos sociais e projetos de infraestrutura.

“É melhor a transparência e principalmente a vontade na elaboração das medidas do que uma peça fictícia. Errado seria o governo maquiar um orçamento”, sustentou. “Foi uma reunião em que você anuncia o déficit, mas a nossa autoestima está lá em cima”, ressaltou.
http://www.valor.com.br/politica/4203860/dilma-pede-lideres-que-mantenham-veto-ao-aumento-do-judiciario

Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião do Portal do Servidor Federal.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.

Outras notícias em destaque: