Defesa pelo veto


Antes da abertura dos trabalhos no plenário da Câmara dos Deputados, o presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ), declarou ontem que a Casa deve manter o veto da presidenta Dilma Rousseff ao reajuste de até 78% dos salários de servidores do Judiciário: “É necessário evitar que novas despesas sejam criadas. Tem que manter o veto sim”.


‘Declaração infeliz’

Para Saulo Arcangeli, coordenador da Fenajufe, a declaração de Cunha foi “infeliz”, uma vez que toda a categoria está mobilizada pela derrubada do veto. “O presidente já mudou de opinião algumas vezes e temos acompanhado que todo o Congresso tem mudado de opinião quando há um interessa acima do que pode ser previsto pela sociedade”.
http://blogs.odia.ig.com.br/coluna-do-servidor/2015/09/23/aposentadoria-ampliada-para-75-anos/
Compartilhe


Notícia anterior
Próxima notícia