STJ determina retorno de 60% dos servidores do INSS ao trabalho


Compartilhe esta publicação:

O Superior Tribunal de Justiça decidiu na noite desta segunda-feira que, até sexta-feira, pelo menos 60% dos servidores do INSS vão ter de comparecer ao trabalho.

O pedido foi feito na semana passada, pelo governo federal. A decisão, em caráter liminar, determina que, se esse percentual não for respeitado, a Fenasps, federação que representa os servidores da Previdência Social, será multada no valor de 100 mil reais por dia. A previsão é de que a decisão do STJ seja publicada na quinta-feira e, só então, entre em vigor.

Logo após a decisão judicial, o Comando de Greve se reuniu para planejar o que fazer. Procurada pela reportagem, a Fenasps não se pronunciou.

Nesta terça-feira, a greve do INSS completa 35 dias. A paralisação afeta serviços como perícia médica e concessão de benefícios.

De acordo com o governo, 73% dos postos do INSS foram afetados pela paralisação. Já a Fenasps estima que a greve atingiu 85% das agências da Previdência Social.

http://radioagencianacional.ebc.com.br/geral/audio/2015-08/stj-determina-retorno-de-60-dos-servidores-do-inss-ao-trabalho

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.