Sobre o reajuste dos auxílios aos servidores do Poder Executivo


Compartilhe esta publicação:

O Governo promete reajustar os auxílios alimentação, creche e saúde dos servidores vinculados ao Poder Executivo da União para o próximo ano.

Na proposta, com efeitos a partir de janeiro de 2016, ofertam-se aumentos percentuais de 22,5% para a alimentação e 23% para a saúde, benefícios que atingem praticamente todos os servidores. O auxílio-creche, pago aos servidores com dependentes (do nascimento até 5 anos de idade), foi o que obteve a maior revisão, aumentando em 317%.

A divulgação veio do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, na esteira da discussão sobre o reajuste linear de 21,3% nos vencimentos do funcionalismo, parcelado para os próximos quatro anos.

O problema maior é a acentuada diferença entre os benefícios pagos pelo Poder Executivo e aqueles do Poder Judiciário e Legislativo. Alimentação, creche e saúde tem o mesmo custo, independe do órgão em que trabalha o servidor. O ideal seria equiparar os auxílios pelo maior pago (normalmente do Legislativo da União), mas os percentuais oferecidos reduzem a defasagem histórica dessas parcelas e evitam distanciamento ainda maior (em especial no caso do auxílio-creche).

O que não se pode confundir é o ganho na despesa de custeio (auxílios e demais parcelas indenizatórias) com o ganho na despesa de pessoal (remuneração). A valorização do custeio tem outra finalidade: compensatória. O ganho real somente é alcançado com o reajuste digno das remunerações.

http://servidor.adv.br/noticias/sobre-o-reajuste-dos-auxlios-aos-servidores-do-poder-executivo/305915139

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.