Professores da UFRJ encerram greve que já ia completar 60 dias


Compartilhe esta publicação:

Professores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) decidiram hoje (21), encerrar a greve que iria completar 60 dias no domingo (23). Apesar disso, não é possível prever quando serão reiniciadas as aulas na universidade e no Colégio de Aplicação (Cap-UFRJ), porque a paralisação dos técnicos e dos estudantes ainda continua, segundo o presidente da Associação dos Docentes da instituição (Adufrj), Cláudio Ribeiro.

Em assembleia no campus da Praia Vermelha, na zona sul do Rio, 255 professores votaram pela volta ao trabalho e 218 pela manutenção da paralisação. Para Cláudio Ribeiro, o resultado mostra que há uma divisão na categoria, provocada pela redução dos recursos com os cortes realizados pelo Ministério da Educação.

“Em algum momento, os professores começam a disputar recursos entre si. E isso fomenta a disputa. É importante que os professores se organizem para pressionar o ministério a colocar os recursos em dia”, disse ele.

Cláudio Ribeiro acrescenta que parte dos professores que defenderam p fim da greve entende que o caminho da universidade para solucionar o problema da redução de recursos é desenvolver projetos com a participação de empresas privadas, com o que ele não concorda.

http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2015-08/professores-da-ufrj-suspendem-greve-de-quase-60-dias

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.