Ministros do STF aprovam hoje reajuste de 16% para os próprios salários


Compartilhe esta publicação:

Sessão administrativa do Supremo Tribunal Federal marcada para hoje vai decidir o reajuste de 16% para os ministros do STF a partir de 2016. Com o aumento, os vencimentos vão subir de R$ 33,7 mil para R$ 39 mil mensais. O Supremo vai encaminhar um projeto de lei ao Congresso incluindo no Orçamento do próximo ano o valor para honrar o reajuste.

O aumento incide diretamente na “emenda-bomba” que atrela os salários de advogados da União e delegados das polícias Federal e Civis a 90,25% dos vencimentos dos membros do STF. Também com validade a partir do próximo ano.

O Supremo também analisa esta semana uma nova proposta de reajuste salarial para os 120 mil servidores do Judiciário Federal. O governo acenou com a possibilidade de conceder reajuste médio de 43%a 45% também em quatro anos, como foi proposto para o Executivo. Mas o índice de correção foi menor, de 21,3%.


Derrubada ao veto

Os dirigentes sindicais prometem intensificar nesta semana as atividades para pressionar os senadores a derrubarem o veto da presidenta Dilma Rousseff ao PLC 28, que foi aprovado no Congresso. O texto prevê reajuste médio 56% em três anos para o Judiciário Federal.

http://blogs.odia.ig.com.br/coluna-do-servidor/2015/08/11/ministros-do-stf-aprovam-hoje-reajuste-de-16-para-os-proprios-salarios/

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.