José Medeiros defende servidores públicos e diz que reajuste não é 'pauta-bomba'


Compartilhe esta publicação:

O senador José Medeiros (PPS-MT) criticou nesta quinta-feira (20) o governo por não conceder as reposições salariais reivindicadas por servidores públicos de diversas categorias pelo país. O senador considerou uma “injustiça sem tamanho” o governo conceder benefícios a empresas, mas usar a desculpa da crise econômica para negar os reajustes a servidores públicos.

José Medeiros citou três grandes greves que afetam o país neste momento: a paralisação dos servidores do INSS, a greve das universidades públicas e a dos servidores do Judiciário.

Sobre os trabalhadores do INSS, o senador disse ter visto pessoalmente a precariedade com que trabalham. No posto de sua cidade, Rondonópolis, havia apenas um médico para atender cerca de três mil pessoas aguardando por perícia. Segundo ele, faltam efetivo e estrutura para o trabalho.

Medeiros alertou também sobre a greve nas universidades, que já passa dos 80 dias. O senador registrou que os estudantes estão sem aula e estão parados projetos de pesquisa e inovação. Em sua opinião, a greve para também o “futuro do país”.

– O que eu fico preocupado é que quando se fala no servidor público deste país, aí é 'pauta-bomba'. Se fala no aumento dos servidores do Judiciário é 'pauta-bomba'. Do Ministério Público da União, é 'pauta-bomba', que vai acabar e vai arrebentar com o país. Mas não é 'pauta-bomba', por exemplo, subir meio por cento de juros, que vai dar um rombo de mais de R$ 10 bilhões. Essa é a minha preocupação. É usar um discurso distorcido para demonizar o servidor público perante a opinião pública.

José Medeiros reforçou que não é dos servidores públicos a culpa pelo momento difícil do país e que eles não podem ser penalizados por isso.

http://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2015/08/20/jose-medeiros-defende-servidores-publicos-e-diz-que-reajuste-nao-e-pauta-bomba

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.