Governo avalia corte de cerca de mil cargos em comissão


Compartilhe esta publicação:

Dos cinco eixos da reforma administrativa anunciada pelo governo na última segunda-feira, o que mais vai gerar economia para o governo, segundo o ministério do Planejamento, é o que trata da gestão do patrimônio da União, com a venda de imóveis considerados não prioritários e o pagamento antecipado pelo uso de terrenos onde a União tem uma parte de domínio.

Além disso, segundo o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, o governo avalia cortar cerca de mil cargos em comissão, os chamados DAS. Atualmente, são 22 mil DAS, sendo que cerca de 5 mil são ocupados por funcionários não concursados.

Mas ainda não há uma estimativa do quanto deverá ser economizado quando a Reforma Administrativa for colocada em prática.

O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, disse que o ganho será de algumas centenas de milhões de reais e que o governo vai conversar com todos os envolvidos, entre partidos, políticos, especialistas e a sociedade de modo geral.

Nelson Barbosa se reuniu com o presidente do Senado, Renan Calheiros, e outros senadores nesta terça-feira. Ao sair do encontro, a presidenta da Comissão Mista de Orçamento, senadora Rose de Freitas, disse concordar com Nelson Barbosa quanto a uma discussão aberta com os partidos.

A previsão do governo é de que no final de setembro o detalhamento da reforma administrativa esteja concluído.

http://www.ebc.com.br/noticias/economia/2015/08/governo-avalia-corte-de-cerca-de-mil-cargos-em-comissao

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.