Delcídio: governo espera acordo para reajuste do Judiciário na próxima semana


Compartilhe esta publicação:

O líder do governo no Senado, Delcídio Amaral (PT-MS), afirmou nesta sexta-feira, 7, que o governo espera concluir até a próxima semana as negociações sobre o reajuste salarial para servidores do Judiciário. O tema foi tratado em encontro do senador com o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, nesta manhã.

De acordo com Delcídio, Barbosa participou ontem da reunião da presidente Dilma Rousseff com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, na qual buscavam definições para um acordo com a categoria. O senador não detalhou qual foi a proposta da presidente. Ele informou, entretanto, que o reajuste seria feito a partir de 2016, sendo diluído ao longo de quatro anos. A última sinalização do governo foi de que o aumento poderia ser de até 41%.

Segundo o senador, Lewandowski pediu uma semana para concluir a negociação. "Nós temos mais uma semana e a gente espera um desfecho favorável para esse acordo do Judiciário", disse. Em julho, a presidente Dilma vetou o reajuste aprovado pelo Congresso, que varia de 53% a 78,5%, justificando que o projeto gerava impacto de R$ 25 bilhões para os próximos quatro anos, sem indicar a fonte de receita.

Delcídio afirmou ainda que a vinculação de salários da Advocacia-Geral da União (AGU) e outras carreiras aos subsídios dos ministros do STF, aprovada em primeiro turno na Câmara nesta semana, não foi discutida no encontro com Barbosa. Ele ressaltou que o Senado terá "responsabilidade" em não aprovar projetos que aumentam gastos da União. "Não podemos querer fazer festa quando não tem bolo, não tem refrigerante. Não podemos bancar a festa que a gente pretende fazer", disse.

http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2015/08/07/interna_politica,676243/delcidio-governo-espera-acordo-para-reajuste-do-judiciario-na-proxima-semana.shtml

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.