Após serem excluídos da PEC 443, auditores fiscais ameaçam greve

Os auditores fiscais de todo o Brasil prometem realizar uma greve por tempo indeterminado em protesto contra a não inclusão da categoria na PEC 443, que vinculou o salário de várias carreiras jurídicas aos subsídios de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Na noite desta terça-feira (11), a Câmara encerrou a votação da PEC 443. De acordo com o texto, o salário de membros da Advocacia-Geral da União (AGU), da Polícia Federal (PF), Polícia Civil e procuradorias estaduais e municipais será vinculado aos subsídios de ministros do Supremo. De acordo com a PEC, o vencimento do nível mais alto dessas carreiras equivalerá a 90,25% do salário mensal dos ministros.

Na votação, o PPS apresentou um destaque que tentava beneficiar também auditores fiscais e do trabalho. Mas a proposta foi rejeitada por não atingir o número mínimo de 308 votos. A proposta teve 269 votos a favor e 185 contra.

Com a derrota da categoria, o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco) convocou para a próxima sexta-feira (14) uma assembleia para discutir a paralisação por tempo indeterminado na Receita Federal. Os integrantes do Sindifisco também querem que os diretores da Receita entreguem seus cargos. “A pauta dos auditores é conhecida tanto pelos ministérios da Fazenda e do Planejamento, quando pela Receita”, informa o Sindfisco em nota oficial.
http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/apos-serem-excluidos-da-pec-443-auditores-fiscais-ameacam-greve/

Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião do Portal do Servidor Federal.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Acompanhe também o Portal do Servidor Federal pelo Facebook e pelo Twitter.

Clique aqui e faça cursos de capacitação 100% online com certificado, a partir de R$ 20,00.

Baixe gratuitamente nosso aplicativo, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.

Outras notícias em destaque: