Servidores do Judiciário fazem "casamento" de Dilma com Lewandowski


Compartilhe esta publicação:

Em greve há quase um mês, os servidores do Judiciário Federal fizeram nesta quarta-feira (8) um ato, em que realizaram um “casamento” entre a presidente Dilma Rousseff e o presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski. A ação foi uma crítica aos dois em relação a demora em resolver as demandas dos servidores.

Após o ato, o grupo realizou uma assembleia e decidiram manter a paralisação que ocorre desde o último dia 10 de junho. Os servidores querem que seja sancionado pela presidente o Projeto de Lei da Câmara 28/2015 que trata revisão salarial dos servidores do Judiciário Federal e já foi aprovado pelo plenário do Senado Federal no dia 30 de junho.

O ato foi realizado em frente ao prédio da Justiça Federal na avenida Álvares Cabral, no bairro Santo Agostinho, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Indignados com o que chamara de “subserviência” do presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski, ao Executivo, e do que consideram “insensibilidade” da presidente Dilma em negar a revisão salarial, os servidores enceneram no local, um “casamento” entre a presidente e o ministro que chamaram de “Casamento Dilmá Ducheff & Enrolandowski”.

“Nós entendemos que o ministro está nos enrolando e que como chefe do judiciário ele deveria estar negociando com a presidente e até o momento não fez nada junto ao Executivo”, reclamou Célio Izidoro Rosa, coordenador financeiro do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal no Estado de Minas Gerais (Sitraemg). Segundo ele, a greve deve continuar até o fim deste mês, caso a demanda da categoria não seja atendida.

http://www.otempo.com.br/cidades/servidores-do-judici%C3%A1rio-fazem-casamento-de-dilma-com-lewandowski-1.1066355

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.