Judiciário: Assembleia-Geral aprova continuidade da greve


Compartilhe esta publicação:

A Assembleia-Geral desta quarta-feira (1º/7), realizada no STF, decidiu pela continuidade da greve em razão de que a aprovação do PLC 28 pelo Plenário do Senado, na noite de ontem (30/6), foi uma grande vitória, mas ainda não há nada garantido e por isso o movimento paredista deve ser fortalecido. Foi uma assembleia diferente, como há tempos não se via, com servidores com sorriso no rosto, motivados pela vitória de ontem, acreditando no sindicato e na luta.

Na avaliação da Diretoria do Sindjus-DF, a mobilização dos servidores derrotou o governo e a cúpula do Judiciário que queriam protelar a votação do PLC 28 e também a mídia, que tentou desmobilizar a categoria com sensacionalismo e inverdades, fatos que reforçaram a decisão de Brasília de permanecer firme na greve até a sanção.

Na mesma linha do Comando Nacional de Greve que, reunido na manhã de hoje, orientou que os sindicatos indiquem a manutenção do movimento paredista, os servidores do DF aprovaram a continuidade e fortalecimento da greve, juntando-se aos estados, que também já tinham deliberado neste sentido, como Minas Gerais, Bahia e Mato Grosso do Sul.

http://www.sindjusdf.org.br/Leitor.aspx?codigo=6482&origem=Default

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.