Judiciário: greve total nos dias 29 e 30


Compartilhe esta publicação:

Para pressionar e garantir a aprovação do Projeto na íntegra, pautado para apreciação no Senado, no dia 30, os servidores da Justiça Eleitoral vão paralisar completamente as atividades nos dias 29 e 30 de junho.

No interior, os servidores dos cartórios eleitorais já estão organizando a paralisação para o dia 30.

Na capital, nesta quinta-feira, dia 25, servidores de várias secretarias, coordenações e setores participaram do arrastão nos prédios sede dos tribunais Miquelina, Brigadeiro. Nesta sexta-feira, dia 26, será feito arrastão no prédio da dr. Falcão.

A greve dos servidores do Judiciário Federal já toma conta de todo o país e é a maior greve dos últimos anos da categoria. Em todos os estados da federação a categoria está mobilizada pela aprovação do PLC 28/2015, que recompõe os salários, defasados há nove anos.

“Chegamos a um momento decisivo da nossa luta pela recomposição do nosso salário. O governo continua intransigente e sem querer negociar com a nossa categoria, mas agora eles enfrentam uma das maiores greves da história”, afirma a diretora do Sindicato Raquel Morel Gonzaga.


A Paulista Tremeu!

Na última quarta-feira, dia 24, os servidores realizaram uma assembleia, seguida de passeata, na Avenida Paulista, que reuniu mais de 4 mil pessoas.

Com tambores, triângulos, apitos e vuvuzelas, os servidores fizeram muito barulho para chamar a atenção da população para a luta da categoria.

“A manifestação de quarta-feira demonstrou a força do nosso movimento. Precisamos parar completamente nossas atividades nos dias 29 e 30 para que o Governo, o Senado e o STF sintam que não podem continuar nos enrolando. É a força da nossa luta, da nossa greve e nossa mobilização que irá forçar a aprovação do PLC 28/2015 na íntegra”, finaliza o diretor do Sindicato Elizaldo Veríssimo (o Ely).

http://www.sintrajud.org.br/conteudo/detalhe_noticia.php?cod=3849

Esta publicação tem caráter meramente informativo. Todos os artigos e notícias são de responsabilidade de seus autores e fontes, conforme citados acima no link, não refletindo necessariamente a opinião deste site.

Tire suas dúvidas jurídicas com um advogado online.

Discuta este e outros assuntos de seu interesse no Fórum do Servidor Federal. Clique aqui para participar!

Clique aqui, baixe gratuitamente o aplicativo do Portal do Servidor Federal, e receba um resumo de todas as notícias no seu smartphone.